18 de maio de 2008

desembocar no sonho.

como um rio, que não volta; que sempre vai avante, ao fim. desvie das barreiras, esquive, sempre ao teu destino, avance ao objetivo.
que as chuvas; tempestades não te parem, mas te sirvam como força e te levem ao teu mar.
continue e siga o ciclo, nunca desista de viver. chegando ao mar, novos desafios aguardam. e se o sonho evapora, novo começo encontra na chuva. o fim é sempre apenas mais um começo.

-má.

8 comentários:

Nanda disse...

Cê escreve tão lindo. x)

Gabriela V. disse...

Texto delicioso. 6:

• Camila disse...

lindo o texto...
parabéns viu!

voltarei mais vezes aqui! beijo

Fêe disse...

lindo o texto!!
fala de desafios, de determinação, de uma maneira tão simples, objetiva e forte, sei lá !

adorei aqui!
vou te linkar tá! =]

beeijo

Joana e Bárbara disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Joana e Bárbara disse...

Que seja então, "os finais" de partes minhas, começo de outras que nascem.

Lindo texto. Aliás, os textos.
Abraços.

Leandra Postay disse...

"Como pode alguém sonhar com o que é impossível saber?"

Impossível saber, mas quem não tenta não descobre.

Primeira vez no blog. Gostei da sua escrita. (:

Michelli Santana disse...

Oii, nossa!!
Fiquei encantada com seu blog, e esse texto é lindo!! Assim como vários outros daqui.
Eu só tô começando a escrever agora, mas espero um dia escrever coisas tão lindas quanto as q vc escreve!
Se puder, dá uma olhada no meu Blog, tem pouca coisa ainda, como falei tô começando, mas dá uma olhadinha lá! :)
http://o-visivel-e-o-invisivel.blogspot.com/